Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

‘The Jacksons’ fará shows em São Paulo e Porto Alegre

thejacksons

 

No mês que vem, o grupo norte-americano The Jacksons vem ao Brasil para duas apresentações. Os irmãos Jackie, Jermaine, Marlon e Tito Jackson se apresentarão no dia 16 de março no Espaço das Américas, em São Paulo, e no dia 19 de março no Teatro Araújo Viana, em Porto Alegre.

Na década de 70, ao lado do pequeno Michael, o The Jackson 5 se tornou um fenômeno, primeiro nos Estados Unidos e depois no resto do mundo. Com seu soul e pop únicos, emplacou uma extensa lista de sucessos, como “ABC”, “I’ll Be There”, “Rockin’ Robin”, “I Want You Back”, entre outros, e lotou estádios e grandes espaços de shows em apresentações ao vivo que entraram para a história do show business mundial.

Há quem diga que a trajetória dos Jacksons se confunde com a história da música americana.  Os Jacksons fazem parte do Rock and Roll Hall of Fame e tem cinco álbuns que alcançaram o número 1 em vendas, 18 sucessos que ficaram no Top1 das rádios do mundo, além de 17 singles no Top 40.

Tudo começou em 1962, quando o pai Joseph Jackson reuniu os filhos Jackie, Tito e Jermaine a dois garotos da vizinhança (Milford Hite, na bateria, e Reynaud Jones, nos teclados), para criar um número musical que chamou de The Jackson Brothers. Em 1964, o caçula Michael e o irmão mais velho, Marlon, entraram para o grupo, que começou a participar de festivais de música para iniciantes e a tocar em bares da cidade de Gary, Indiana.

Dois anos depois, já com a denominação The Jackson 5, Michael assumiu o vocal principal. Logo veio o primeiro sucesso, “Big Boy”, e o convite para se mudar para a lendária gravadora Motown.

O lançamento do primeiro álbum pela Motown – “Diana Ross Presents The Jackson 5” – foi sucesso mundial de público e crítica.  Nos anos seguintes, o quinteto lançou grandes sucessos, até hoje lembrados pelo público, como “I´ll Be There”, “ABC”, “I Want You Back”, “The Love You Save”, “Never Can Say Goodbye”, “Mama’s Pearl”, “Lookin’ Through the Windows”, “Get It Together”  e “Dancing Machine”.

Ao todo, foram 11 álbuns lançados pela Motown, com mais de 110 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, além de discos solo de Michael, Jackie e Jermaine. Em 1975, os irmãos assinaram com a CBS Records e pouco tempo depois se mudaram para a Epic Records, onde tiveram mais liberdade criativa e mais lucros. Nessa época, depois de uma disputa judicial com a Motown, a família perdeu os direitos de uso do nome e da logomarca The Jackson 5.

Já sem a participação de Michael, Jermaine foi substituído por Randy e o grupo passou a se chamar The Jacksons. Entre 1976 e 1984 gravou mais seis álbuns e fez várias tours pelo mundo, por conta do êxito de singles como “Show You the Way to Go”, “Enjoy Yourself”, “Blame It on the Boogie”, “Shake Your Body (Down to the Ground)”, “Can You Feel It” e “This Place Hotel”.

Em 1981, após lançar o álbum ao vivo “The Jacksons Live”, o grupo decidiu fazer uma pausa. Em 1984, lançaram o álbum “Victory”, com o sucesso “State of Shock”, gravado com a participação de Michael Jackson e do convidado especial Mick Jagger. No mesmo ano Jermanie regressou ao grupo para a turnê “Victory”, que marcou definitivamente a despedida de Michael Jackson do The Jacksons.

O último álbum lançado pelos irmãos foi “2300 Jackson Street’, de 1989, e, com a saída de Marlon, o grupo encerrou as atividades. Em 2012, os irmãos se reuniram para a primeira turnê em mais de duas décadas, a “Unity Tour”, a primeira sem os irmãos Michael, que faleceu em junho de 2009, e Randy. Agora,  Jackie, Jermaine, Marlon e Tito Jackson retomam a agenda de shows, incluindo estas duas apresentações no Brasil, nas capitais paulista e gaúcha.

 

 

Deixe seu comentário:

Publicidade

Publicidade

Redes sociais

Curta no Facebook